Vai viajar para o exterior? Veja 10 dicas para comprar um chip e não ficar desconectado>
10:00

Vai viajar para o exterior? Veja 10 dicas para comprar um chip e não ficar desconectado

Uma das principais preocupações de quem vai fazer uma viagem internacional é a garantia de conexão à internet. Por razões profissionais e pessoais, é impossível imaginar chegar a outro país sem qualquer contato com as pessoas que ficaram no Brasil e sem acesso a serviços básicos, como mapas e aplicativos de transporte. Para garantir a conexão, muita gente adquire um chip específico para uso internacional – e nós separamos aqui dez dicas imprescindíveis que você deve incluir em seu roteiro de viagem.

Antes, dê uma passadinha na Casa do Chip e faça já sua simulação de viagem!

Entenda as diferenças

Há várias formas de manter-se conectado durante a viagem. Uma delas é simplesmente viajar e habilitar o roaming da sua operadora – antes, contudo, verifique se seu plano contempla essa possibilidade. 

Outra forma é o sim card internacional, que pode ser comprado no destino ou ainda no Brasil. Normalmente, é pré-pago e oferece vários pacotes de dados. Esse mecanismo tem se mostrado bem mais prático e vantajoso, porque não envolve a sua operadora e nem mudança nos valores que você já paga atualmente.

Qual o seu destino?

A primeira definição diz respeito à conectividade em seu lugar de destino. Hoje em dia, praticamente todos os países do mundo estão ligados à internet – mas naturalmente, assim como no Brasil, algumas cidades ou lugarejos rurais não possuem acesso. Verifique, portanto, se você estará em uma área que tem cobertura.

Feito isso, é hora de garantir já sua conexão, o que nos leva à terceira dica.

Saia daqui “chipado”

Quem já fez viagem internacional sabe o quão tumultuada é a chegada ao destino: espera pelas bagagens, passagem pela alfândega e imigração, busca por um taxi ou aluguel de carro, e por aí vai. Tudo isso, normalmente, em outra língua.

Agora, experimente adicionar a isso a compra de um chip específico para sua viagem, ainda no aeroporto. Com certeza, sua experiência se tornará ainda mais complicada, porque são muitas opções que variam conforme o pacote de dados, as especificações do seu aparelho, a forma de pagamento e a quantidade de dias em que você permanecerá no destino. Por isso, o ideal é sair do Brasil com o chip na mão. Ou melhor, no celular.

Qual o melhor plano?

Algumas operadoras oferecem pacotes específicos para viagens internacionais. Isso só vale a pena se você vai sempre para o exterior. Caso contrário, o pré-pago é sempre a melhor opção. 

Um pacote ilimitado de dados cabe em qualquer perfil de viagem: turismo de curta duração, para garantir aquelas postagens inesquecíveis nas redes sociais, mochilão, que precisa de segurança nos trajetos entre cidades e países, a negócios, com velocidade suficiente para baixar e trocar arquivos, ou por qualquer outro motivo. Se você acha que não precisa de um pacote ilimitado, há outras possibilidades aqui.

Poucas experiências são mais traumáticas em uma viagem do que ficar totalmente desconectado. Nem sempre as pessoas estão dispostas a ajudar – e é por isso que ter o celular ou tablet sempre conectados é indispensável.

Como economizar?

Se a viagem é em família, uma boa dica é comprar apenas um ou dois chips para o casal, por exemplo. Não há necessidade de todos estarem conectados, a menos que o itinerário seja diferente entre os membros da família.

Caso não vá precisar do celular em algum momento, como à noite ou durante um jantar, é só desabilitar o pacote de dados, como você já faz por aqui.

Se o assunto é economia, esqueça o roaming da sua operadora. As tarifas estão cada vez mais proibitivas.

Guarde o chip “brasileiro”

Não é porque você vai sair do país com o chip novo que o antigo deva ficar aqui. Além de servir como um plano B em caso de emergência, o chip original do seu aparelho funcionará quando você retornar de viagem e precisar chamar um taxi ou aplicativo de carona, entre outros serviços. 

Chip 3G ou 4G?

Isso vai depender da tecnologia do seu aparelho e do país de destino. Os chips pré-pagos oferecerão a conectividade disponível no local da viagem. Nos Estados Unidos e na China já há tecnologia 5G – o leilão no Brasil está previsto para 2020, e só então os primeiros aparelhos dessa geração serão fabricados por aqui.

De todo modo, o uso que se faz da internet fora do país – salvo exceções de profissionais como produtores de conteúdo, gamers e executivos – é plenamente adaptado às tecnologias oferecidas no mundo todo. Normalmente, após o consumo da franquia 4G, a velocidade é reduzida.

De olho na cobertura

Dependendo do seu perfil, vale a pena habilitar o pacote de voz – e não apenas o de dados. Assim, você fica à vontade para dar telefonemas também, se livrando dos valores extorsivos cobrados por muitos hotéis internacionais. A lista de países em que a cobertura de voz está disponível pode ser obtida aqui.

É possível rotear a internet?

Sim, mas o roteamento é de inteira responsabilidade do usuário e, claro, você permitirá que outras pessoas consumam seus dados. Se você imagina que será necessário dividir o seu pacote com mais gente, talvez seja o caso de considerar comprar mais do que um chip para evitar este procedimento. 

Assim, ninguém corre o risco de ficar desconectado, muito menos você, que cuidou de tudo para que isso não acontecesse.

O que fazer quando chegar ao Brasil?

O chip pode ser destruído até a próxima viagem que, esperamos, seja breve! Gostou das dicas? Então não esqueça de fazer a simulação da Casa do Chip e preparar sua viagem hiperconectada!

Comentários

Posts Relacionados

Road Trip nos EUA: 8 dicas de como planejar uma viagem de carro pelos Estados Unidos
Road Trip nos EUA: 8 dicas de como planejar uma viagem de carro pelos Estados Unidos

Diferente do que se pensa, planejar uma viagem de carro pelos Estados Unidos (ou Road Trip nos EUA) não é nada fácil. É muito comum […]

Chip internacional: como funciona e como garantir o seu?
Chip internacional: como funciona e como garantir o seu?

Viajar pelo mundo e permanecer conectado é a preocupação da maioria dos turistas. Quem viaja sabe: chip internacional, com acesso à internet, é importantíssimo para […]

Planos encontrados

Garanta seu chip internacional com 30% OFF

E ative ele em até 1 ano!

*Cupom não cumulativo.